Narciso e o Espelho

Na mitologia grega, Narciso era um jovem de indizível beleza, sendo filho de Cefiso (deus do rio) e Liriope (uma ninfa). Tamanha beleza despertava grande interesse e a paixão de mulheres e homens. No entanto, Narciso era bastante arrogante e sempre estava sozinho,...

O Sapo Envergonhado

Era uma vez um sapo que vivia no seu charco muito feliz e muito tranquilo. Gostava especialmente de um nenúfar, onde passava o dia apanhar sol e a comer moscas.Por vezes, partilhava o nenúfar com uma fêmea. Coaxava a tarde toda para ela e oferecia-lhe as moscas mais...

Os três conselhos

Um pobre rapaz tinha casado, e para arranjar a sua vida, logo ao fim do primeiro ano teve de ir trabalhar para muito longe. Ele era bom homem, e pediu ao senhor que lhe fosse guardando o dinheiro do seu trabalho. Ao fim de uns quatro anos já tinha uma boa quantia, que...

Os dez anõezinhos da Tia Verde-água

Era uma vez uma mulher casada, mas que se dava muito com o marido. Isso porque não trabalhava nem conseguia cuidar da casa. Começava uma coisa e logo passava para outra, tudo ficava a meio. Quando o marido vinha para casa, depois de um longo dia de trabalho, não tinha...

O tacho do tesouro

Há muitos anos, existiu um palácio na Mexilhoeira, onde habitava uma mulher conhecida como Dona Zarolha. Numa noite, transpirando abundantemente, acordou de um sonho que muito a perturbara: dirigia-se por uma estrada em direção ao sítio da Rocha, quando, perto de uma...